Flamengo é Tetra Campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior

Com a vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, na manhã desta quinta-feira, no Pacaembu, o Flamengo conquistou seu quarto título de Copa São Paulo de Futebol Júnior. Depois do jogo, jogadores foram às lágrimas, desabaram em campo, comemoraram, cantaram, dançaram… A festa no gramado foi grande!

Lucas Silva: “Final não se joga, se ganha”

– Todos nós somos merecedores de tudo isso. Agora é só comemorar! Quero parabenizar a equipe do São Paulo também pela excelente campanha. Final não se joga, final se ganha. Eles foram melhores no segundo tempo, mas nossa equipe soube segurar o jogo e somos campeões. Aqui é Flamengo!

A história…

Lucas Silva foi solicitado e utilizado pela equipe profissional no decorrer da Copa São Paulo. Por isso, teve que se dividir entre o torneio e o início do Campeonato Carioca. Sob o comando de Carpegiani, fez o primeiro gol do Flamengo no estadual diante do Volta Redonda.

Matheus Dantas, que jogou com sangramento no nariz durante quase todo o jogo

– Os moleques foram para o profissional por mérito, e quem ficou é do mesmo nível ou até melhor. Não tenho nem explicação, única maneira de expressar isso é Deus. Não deixou eu desistir ou pensasse negativo. Demos a volta por cima e hoje sou campeão!

Mauricinho, técnico campeão da Copa São Paulo

– Foi uma Copinha emocionante. Os atletas que ficaram se sentiram desafiados. Nos fechamos muito jogo a jogo. Caso a gente não conseguisse, ia ser na superação. A copinha vai ficar marcada para a gente por tudo que aconteceu.

Yago Darub, goleiro que fechou tudo na decisão

– Foi uma Copinha incrível, o grupo merece muito. O Hugo (Souza) é um grande goleiro, me ajudou muito e deu confiança pra essa final. Trabalhamos pra ter uma chance como essa. Ainda bem que eu consegui estragar a festa do São Paulo.

A história…

Darub era reserva e entrou na equipe durante a Copinha porque o Hugo Souza foi chamado para o profissional. Pegou o mata-mata todo. Antes da decisão, o técnico Mauricinho ficou em dúvida: escalar o goleiro que jogou a reta final ou o que era titular antes? Mas, no fim, achou que o Darub estava com mais ritmo de jogo. E a decisão deu resultado!

Hugo Moura, o capitão

– Conquista enorme. Para a base é a Copa do Mundo. Esse grupo está de parabéns, o pessoal de 2000 veio ajudando. E deixou o Flamengo chegar, cara, dá nisso (risos).

Aplausos

Depois de receberem as medalhas de segundo lugar, os jogadores do São Paulo abriram um corredor para aplaudir os rubro-negros durante a premiação. Os campeões passaram e receberam os aplausos dos vices.

A CAMPANHA

O Flamengo terminou a fase de grupos na liderança de sua chave, com sete pontos. No mata-mata, passou por Elosport (5 a 0), Coritiba (1 a 0), Audax (1 a 0), Avaí (1 a 0) e Portuguesa (3 a 2).

fonte:https://globoesporte.globo.com

Deixe uma resposta